terça-feira, 8 de abril de 2008

Um dia

Você sabe que mudou quando entende a diferença,
de estar com alguém e estar por alguém.
Começa a não querer mais esperar.
A paciência não acabou,
mas depender já não é mais tão bom.
Você começa a sonhar diferente.
A querer planejar independência.
E vê que isso é o verdadeiro amor.
Acreditar consciente.
Amor que modifica a mente.
Um dia você entende a enorme diferença,
De buscar o semelhante.
Do amor que transcende.

17 comentários:

Clarissa às claras disse...

Adorei!!
Também acho que é muito diferente você estar com alguém de estar para alguém!!
Agora, as pessoas é que precisam começar a perceber essa diferença, né?!
E viverem cada uma suas vidas.
Beijo,Carol!!

Ana Cláudia Zumpano disse...

Belo poema Carol... realmente um dia a gente nota a diferença entre o superficial e oq nos toca de verdade... lindo!
bjos ;*

Polly disse...

Acho que é essa a arte maior da vida: entender que o amor é maior que qualquer sentimento de apego; que amar é mais que esperar o encaixe perfeito entre dois seres. O amor engloba o mundo, e o mundo caminha mais suave quando a gente consegue transferir, doar, ofertar amor a quem quer que seja.
O amor é transcendente, isso mesmo! Falou e disse, me tocou!

Beijoo =)

Juliana Caribé disse...

Achie tão bonito... Porque é exatamente assim que eu penso.

Beijos.

Bárbara M.P. disse...

É assim mesmo que acontece. Um dia a gente entende que o verdadeiro amor não é estarem juntos. É serem juntos.

Também adorei aqui, será que eu poderia linká-la por lá, Carol?

Beijo e um dia tranquilo.
Bárbara M.P.

Mário Liz disse...

viver por alguém é realmente lindo (mas apenas na esfera poética) ...

quem se esquece não ama.

amar é dois.

por isso esse singular-plural!!!

metade disso já não é amor ...

nem eu me arrisco a dizer o que bem seria isso ...


no mais,. sobre o teu poema ... vamos lá: tua poesia é leve ... é tal como chá com bolachas mesmo!!! Gosto de ler vc pq minha voltagem diminui.

leve-leve-leve

e levo tua poesia aqui no coração.


bjus

Camilinha disse...

é... um dia quem sabe eu aprendo...
obrigada pela visita ao reticencias...

beijos daqui...

venuss disse...

eu tava realmente precisando ler algo assim. Obrigada. Não sabes o efeito bom que teve.

Toninho Moura disse...

Amar é ser independente!

Amar é: ser independente!

Amar é ser, independente...


Amar são tantas coisas!

Márcia Leite disse...

Mundos diferentes em conexão,
troca, doação, interação.

=*
=)

Delírio Ambulante disse...

Imenso deleite, suas singelas palavras.

Rosana disse...

Olá olá,
estou começando um blog novo depois de alguns aninhos sem postar, então resolvi navegar pela rede em busca de blogs interessantes.
Estar com alguém e estar por alguém, achei a frase mais complexa de se adequar num relacionamento, na verdade a mais difícil de se admitir, se esta vivendo pelo outro ao invés de estar com o outro, mas enfim nada numa relação é totalmente claro, só o tempo e o entendimento para trazerem as repostas.
Gostei do blog, parabéns.

Luciana disse...

está TOTALMENTE certa!
muito lindo e verdadeiro, adorei!
beijos, carol;)

O Profeta disse...

Hoje não vou falar de amor
Hoje tenho saudade de canções
De uma voz perdida no tempo
Que me ensinou o sonho, as emoções

Hoje senti saudades da minha rua
Da casa fria e quente da ternura
Do cheiro a lenha, pão amassado
Dos abraços tidos de forma tão pura


Hoje convido-te a saberes um pouco de mim


Bom domingo



Terno beijo

Paty Maionese disse...

Adorei essas palavras. Coisa mais linda.
Tudo é bem melhor quando você está com algiém sem precisar desse alguém, porque isso não é amor, é dependência e dependência nunca é saudável.

Better MAN disse...

lindo, lindo, lindo.

me emocionou.
adoro!

;)

José Oliveira Cipriano disse...

Oi, Carolina!
Sou seu grande admirador! Sou, também, um grande admirador de sua poesia tão simples e tão cheia de filosofias inimagináveis! Você faz filosofia como que andar por um bosque colhendo flores silvestres!
Simples, delicada!!!!!
Um abraço em seu coração,

Oliveira