domingo, 28 de março de 2010

O que é sublime?

Se eu vivesse sozinha, já teria alcançado o "Nirvana" há algum tempo.
Mas, não concordo com isso. Esse lance de isolamento e meditação solitária nas montanhas não funciona comigo.
Cada dia mais, aceito que o sublime está no meu dia a dia.
Está no pedido de desculpas, está no ceder o lugar para o idoso, sorrir para um desconhecido...
De nada adianta se isolar por achar o mundo errado, por pensar que as pessoas não valem mais a pena.
O mais importante disso tudo é saber como é que você vai se misturar.

5 comentários:

Veronica Rodrigues disse...

"De nada adianta se isolar por achar o mundo errado, por pensar que as pessoas não valem mais a pena"
Isso é verdade!
Lindo texto, ótimas palavras!
Passo sempre aqui.
Beijos bom finalzinho de final de semana.

Veronica Rodrigues disse...

"De nada adianta se isolar por achar o mundo errado, por pensar que as pessoas não valem mais a pena"
Isso é verdade!
Lindo texto, ótimas palavras!
Passo sempre aqui.
Beijos bom finalzinho de final de semana.

Jaque Gonchoroski ઇ‍ઉ disse...

Olá Carol!
Lindas palavras.

Realmente é preciso encontrar a beleza e ver o sublime em tudo. E principalmente acreditar que ainda podemos acreditar nas pessoas.
E o respeito, como vocÊ citou no texto, é fundamental pra se viver bem.

Tenha um ótimo dia :)

P.S. Obrigada pelo comentário no meu blog. E volte sempre que quiser. É muito bem vinda :D
Beijos

Sílvia disse...

Por vezes preciso de me afastar para me encontrar, mas acabo sempre por perceber que sinto falta de tudo.

Beijo

Daniel Savio disse...

Menina, não tem graça viver sozinho...

Fique com Deus, menina Carol Castro.
Um abraço.